domingo, 26 de fevereiro de 2006

Banda: Naked City; Álbum: Torture Garden


Banda: Naked City
Álbum: Torture Garden
Ano: 1990
Gênero: Jazzcore; Grindcore; Avant-garde

E voltamos às excentricidades, depois de mais de três semanas de silêncio.

Ao falar de Mr. Bungle, o nome de John Zorn apareceu entre as figuras mais importantes na criação do primeiro álbum - ele foi o produtor. Mas muita gente nunca ouviu falar dele, então vou tentar descrever este monstro do experimentalismo. Zorn é um compositor e saxofonista que possui sua própria gravadora (Tzadik), não possuindo, assim, quaisquer limitações para fazer sua música. Zorn é totalmente experimental, tendo muita influência de música de cinema, musica judia, improvisação e muitas outras coisas.

Estou longe de conhecer toda a obra de Zorn (durante a década de noventa, ele lançou uma média de 6 álbuns por ano!), mas escolhi este álbum (chamado Torture Garden) de um de seus projetos, o Naked City, porque foi o que mais me impressionou pela variedade.

Prá começar, o álbum, que foi lançado em 1991, tem 42 faixas e menos de 30 minutos. É mais ou menos no mesmo esquema do Fantômas (que tem muita influência de Zorn): uma seqüência frenética de riffs, gritos e sons. Mas tudo o que o Fantômas tem de organizado, Zorn tem de caótico. Seu saxofone desesperadamente agudo parece chorar, berrar. Os instrumentos são extremamente barulhentos, formando um caos assustador. Mas tudo isso cai como uma luva.

Tracklist:
1. Blood Is Thin
2. Demon Sanctuary
3. Thrash Jazz Assassin
4. Dead Spot
5. Bonehead
6. Speedball
7. Blood Duster
8. Pile Driver
9. Shangkuan Ling-Feng
10. Numbskull
11. Perfume of a Critic's Burning Flesh
12. Jazz Snob Eat Shit
13. The Prestigitator
14. No Reason to Believe
15. Hellraiser
16. Torture Garden
17. Slan
18. Hammerhead
19. The Ways of Pain
20. The Noose
21. Sack of Shit
22. Blunt Instrument
23. Osaka Bondage
24. Igneous Ejaculation
25. Shallow Grave
26. Ujaku
27. Kaoru
28. Dead Dread
29. Billy Liar
30. Victims of Torture
31. Speedfreaks
32. New Jersey Scum Swamp
33. S & M Sniper
34. Pigfucker
35. Cairo Chop Shop
36. Fuck the Facts
37. Obeah Man
38. Facelifter
39. N.Y. Flat Top Box
40. Whiplash
41. The Blade

42. Gob of Spit

Um tracklist extenso e uma variedade infinita. A quantidade de riffs e sons com que Zorn bombardeia o ouvinte é extrema. Sons guturais nonsense, baterias furiosas, guitarras pesadas, o já citado saxofone e muitas outras coisas. Não parece que tudo isso cabe em 25 minutos, mas cabe. E é, com certeza, muito diferente de tudo o que você já ouviu.

Recomendado.
Eis um vídeo do Naked City executando Speedfreak ao vivo:
Postar um comentário